A ROBÓTICA COMO ALIADA DA PRECISÃO EM PRÓTESE DE QUADRIL

 In Notícias

Estudo do médico do Vita, Dr. Henrique Gurgel, procurou mostrar que o uso da robótica auxilia o cirurgião na colocação da prótese de quadril.

Quando se fala em artroplastia, ou seja, colocação de prótese numa articulação, precisão é fundamental. Com a finalidade de saber em que medida a robótica pode proporcionar maior precisão à artroplastia total do quadril (ATQ), o médico do Vita, Dr. Henrique Gurgel, desenvolveu sua tese de doutorado, intitulada: “Posicionamento do componente acetabular na artroplastia total do quadril com e sem o auxílio de um sistema de navegação computadorizado: estudo comparativo prospectivo randomizado”.

Defendida com êxito, em 2011, pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), e publicada na revista científica internacional The Journal of Arthroplasty em 2014, a tese comparou a técnica da cirurgia tradicional, que se baseia na experiência do cirurgião e em guias mecânicos, com a técnica computadorizada, ou seja, associada ao uso de sensores e computadores que auxiliam o médico na mesma tarefa. O estudo teve, como amostra, 40 quadris, selecionados entre setembro de 2008 e abril de 2010, todos com indicação de artroplastia total.

“Na técnica tradicional, parte-se do princípio de que o paciente, durante o procedimento, está numa posição fixa na mesa de cirurgia. Porém, na prática, não é o que acontece, existindo movimentos que alteram a posição da bacia e do fêmur, fazendo com que o cirurgião possa se enganar no momento de implantar a prótese. Além disso, na técnica tradicional, a precisão é dada pelo olho humano e por guias mecânicos, ambos mais imprecisos se comparados às técnicas robóticas”, explica Dr. Gurgel.

PRECISÃO COMO SINÔNIMO DE SAÚDE

O estudo teve, como amostra, 40 quadris, selecionados entre setembro de 2008 e abril de 2010, todos com indicação de artroplastia total.
O estudo do Dr. Gurgel teve, como amostra, 40 quadris, selecionados entre setembro de 2008 e abril de 2010, todos com indicação de artroplastia total.

Gurgel explica que, quanto mais precisa for a colocação da prótese, menores serão as chances de complicações, como luxações, e maior será a durabilidade da prótese e a qualidade de vida do paciente, que pressupõe movimentos de quadril mais amplos e realizados mais confortavelmente. O estudo procurou mostrar que a robótica auxilia o cirurgião a ser mais preciso.

“O uso da robótica para a realização de artroplastia já apresenta bons resultados quando tratamos do joelho. Estudos mostram que, nesses casos, as artroplastias com uso de robótica atingem uma precisão adequada em 95% das vezes”, explica Gurgel.

APENAS O COMEÇO DE UMA TÉCNICA PROMISSORA

“Verificamos que a robótica aumentou em 10 pontos percentuais [p.p.] a precisão do posicionamento do componente acetabular da prótese [de 80% para 90%].”

Em termos de quadril, os estudos são mais incipientes. “Nosso estudo mostrou um resultado estatisticamente similar quando comparadas as duas técnicas. Analisando mais detalhadamente os dados, entretanto, verificamos que a robótica aumentou em 10 pontos percentuais [p.p.] a precisão do posicionamento do componente acetabular da prótese [de 80% para 90%]. Certamente se trata de uma técnica promissora”, acrescenta o médico do Vita.

“A robótica avança para ser uma grande aliada do cirurgião na busca por uma artroplastia de quadril mais eficaz", diz Dr. Gurgel.
“A robótica avança para ser uma grande aliada do cirurgião na busca por uma artroplastia de quadril mais eficaz”, diz Dr. Gurgel.

Para Gurgel, além de auxiliar no posicionamento da prótese, o desenvolvimento da robótica possibilitará artroplastias menos invasivas, permitindo, por exemplo, incisões menores.

Um maior conhecimento da relação entre coluna e quadril também possibilitará compreender qual será o melhor posicionamento da prótese, o que talvez seja diferente de pessoa para pessoa.

Um maior conhecimento da relação entre coluna e quadril também possibilitará compreender qual será o melhor posicionamento da prótese, o que talvez seja diferente de pessoa para pessoa. Atualmente, muitas pesquisas sobre ATQ, envolvendo a robótica, a relação do quadril com a coluna, os materiais implantados, ou mesmo as vias de acesso para a realização da cirurgia, estão em desenvolvimento no mundo.

“A robótica avança para ser uma grande aliada do cirurgião na busca por uma artroplastia de quadril mais eficaz. Porém, quando falamos em prótese perfeita, é necessário compreender melhor todos estes outros importantes fatores”, completa o ortopedista.

Recommended Posts

Leave a Comment