THIAGO PUGLIESI SE RECUPERA, NO VITA, DE LESÃO NO OMBRO

 In Notícias

“Pelas experiências que já tive no Vita, tenho certeza que chegarei ao resultado que busco: voltar, plenamente, à minha vida de práticas esportivas. É o que amo fazer e o que me faz bem”, diz o educador físico Thiago Pugliesi, que passou por artroscopia no ombro, realizada pelo ortopedista Dr. Wagner Castropil, e, no momento, está se reabilitando no Vita.

O educador físico e personal trainer Thiago Pugliesi está se recuperando, no Vita, de uma lesão no ombro esquerdo. Depois de uma queda de snowboard, Pugliesi lesionou o tendão supraespinhoso e precisou repará-lo por meio de artroscopia, realizada no dia 27 de março.

“Ele tinha também uma característica anatômica, o osso do ombro mais pontiagudo, que acabava machucando o tendão. Fizemos uma raspagem, o que chamamos de descompressão do tendão”, explica o ortopedista, especialista em ombro e joelho, Dr. Wagner Casrtropil, que realizou a cirurgia.

Thiago Pugliesi e Dr. Wagner Castropil: depois de uma queda de snowboard, Pugliesi lesionou o tendão supraespinhoso do ombro esquerdo e precisou repará-lo por meio de artroscopia, realizada no dia 27 de março, pelo Dr. Castropil.
Thiago Pugliesi e Dr. Wagner Castropil: depois de uma queda de snowboard, Pugliesi lesionou o tendão supraespinhoso do ombro esquerdo e precisou repará-lo por meio de artroscopia, realizada no dia 27 de março, pelo Dr. Castropil.

Thiago Pugliesi ficou aproximadamente duas semanas com o ombro imobilizado e, a partir da segunda quinzena deste mês de abril, iniciou a fisioterapia. “A previsão de retorno, à prática esportiva, é de três a quatro meses”, acrescenta Castropil.

O educador físico diz que o mais difícil será passar esses meses sem poder fazer o que mais “ama no mundo”. “Como educador físico, preciso estar bem e, obviamente, essa é uma prioridade. Porém, voltar a fazer as minhas atividades é vital para mim”, diz Pugliesi, que é praticante de snowboard, de surf, de wakeboard, kitesurf, de skate e de cross fit. “Eu amo isso. Atividade física nunca foi obrigação, sempre foi sinônimo de satisfação pessoal para mim.”

THIAGO PUGLIESI EM BUSCA DO QUE LHE FAZ BEM

Pugliesi conta que a queda que o levou à lesão no ombro esquerdo se deu de forma totalmente inesperada e num momento de relaxamento, quando estava retornando, para o hotel, de uma sessão-prática de snowboard na cidade Val Thorens, na França. “Era para ser algo bem tranquilo, estava de snowboard, dei uma bobeada, levei um tombo e me lesionei.”

Thiago Pugliesi em ação no snowboard. “Tenho certeza que me recuperarei plenamente para voltar à prática esportiva. Essa opção traz risco, mas eu compro essa briga: é o que me faz bem.”

Apesar de já ter enfrentado outras lesões sérias, sobretudo nos joelhos, quando também foi tratado por Dr. Castropil e pela equipe de profissionais do Vita, o educador físico diz que todas as lesões trazem peculiaridades, o que as torna sempre desafiadoras. “Essa é uma lesão inédita para mim e vai me exigir um empenho de recuperação diferente. Porém, o fato de ter experimentado outras reabilitações ajuda: a gente chega sabendo que não é o fim do mundo, que passará por um período de recuperação, com uma fase mais aguda, mas, se fizer tudo direitinho, como orientam os profissionais, vai se recuperar totalmente.”

Para Pugliesi, confiança na equipe médica é fundamental para o sucesso de qualquer reabilitação. “Pelas experiências que tive anteriormente com o Vita, tenho certeza que chegarei ao resultado que busco, que é, justamente, a recuperação plena para voltar à vida regada à prática esportiva. Essa opção traz risco, eu sei, mas eu compro essa briga: é o que me faz bem.”

Recommended Posts

Leave a Comment